domingo, 4 de janeiro de 2009

Hora de refletir sobre o ano que passou


É mais um ano que começa. É hora de ver o que nós fizemos de certo e errado, durante o ano que se passou, para tentar corrigir os nosso erros e acertar mais. Esse momento de reflexão no início do ano é muito bom e deveria ser feito sempre.

2008 foi cheio de altos e baixos para mim. Felizmente, mais altos do que baixos. Fiz alguns ótimos acertos, mas também uma boa dose de erros. Mas quem não erra né?

Corrigir os nossos erros não é possível, mas podemos usá-los para garantir mais acertos no futuro. Uma vez eu fui no show do Padre Fábio de Mello e ele disse:

"Não podemos mudar o modo como saímos de casa hoje, mas podemos mudar o modo como iremos entrar."

Estou refletindo sobre tudo o que precisarei mudar na empresa e em mim, para que a Proativa possa atuar melhor no mercado. Este fim de ano não foi bom para a Proativa, mas estou esperançoso de que janeiro será bem melhor. Já comecei tomando algumas medidas que serão muito boas para a Proativa:

* Estou desenvolvendo um sistema que, em breve, irei lançar no mercado, para tentar ganhar mais mercado. Assim que estiver próximo do lançamento, eu informo a vocês. Aproveitarei para pedir a opnião de vocês sobre o mesmo.

* Estamos iniciando uma parceria com uma empresa que trabalha com arte visual, para oferecermos uma melhor qualidade no nosso trabalho.

* Finalmente vou fazer o nosso site. Dessa vez não tem mais desculpas, esse mês sai.

* Há também outras mudanças, mas são detalhes internos que não podem ser revelados aqui né?

Assim como as mudanças estruturais e gerenciais em toda empresa, também são necessárias as mudanças internas nas mentes daqueles que a gerenciam. Afinal, essa história de "vida pessoal é uma coisa e profissional é outra" não vale para quem gerencia uma empresa, pois tudo o que somos e o que pensamos irá se refletir em nossas ações na empresa. Essa última parte é, sem dúvida, bem mais complicada.

O primeiro ano da Proativa foi um ano muito gratificante para mim. Muita gente deve pensar: "O Fabiano é louco, como ele deixa de ir para o mestrado para se dedicar a um negócio que ele iniciou quase sem dinheiro e ainda ganha pouco dinheiro". Realmente, eu poderia estar agora ganhando 3 ou quatro vezes mais, seguindo por outros caminhos. Porém esse caminho dos apressados eu não quero, eu não ganho tanto quanto os meus colegas de faculdade estão ganhando agora, mas estou ganhando outras coisas muito preciosas. Se estou no caminho certo, quem sabe, mas é esse caminho que quero percorrer e vou continuar percorrendo.

As coisas que eu aprendi neste ano, nenhum mestrado e nenhum curso irá me ensinar. O crescimento pessoal obtido foi enorme. Além do mais, pretendo futuramente fazer alguma pós-graduação em "gestão em TI" ou algo semelhante. Eu adoraria já pular os meus ganhos para o dobro rapidamente, mas não tem como, vou fazer o que? irei ganhar mais dinheiro gradualmente e cada real que eu aumentar do meu salário, será mediante muito esforço. Desse modo acho que crescerei muito como pessoa e é desse modo que eu quero crescer. Quero trabalhar fazendo o que eu gosto e do modo que eu gosto. Não penso em trabalhar em um lugar somente pelo dinheiro, a menos que eu precise muito.

O ano de 2009 vai ser muito melhor, pois irei detonar no mercado rsrs. Vou atacar o mercado dessa vez, vou pegá-lo de jeito... rsrsrs. Em breve estarei escrevendo posts aqui no blog contando as coisas boas e ruins que acontecerem e as decisões que me fizeram chegar até lá.

Para finalizar, espero que o ano de 2009 seja muito melhor para vocês meus leitores. Muito obrigado por estarem comigo durante este ano, me dando opniões, apoio e motivação. Vocês me ajudaram bastante neste ano. Em alguns momento em que eu estava um pouco para baixo, eu me levantei com algumas palavras de incentivo de alguns leitores. Farei o possível para continuar escrevendo artigos que sejam do agrado de vocês e espero contar com a presença de todos no blog, de vez em quando. Cheguei a pensar em criar uma comunidade no orkut, dos leitores do blog, mas não sei se é uma boa idéia. Depois penso nisso, novamente.

Um abraço a todos e até a próxima postagem.

Nenhum comentário: